Rogério Ceni não terá quase um time inteiro na primeira semana de pré-temporada do São Paulo

O treinador Rogério Ceni terá uma missão complicada nesta primeira semana de pré-temporada do São Paulo. Isso porque, a equipe não terá 11 jogadores à disposição. Quatro deles já não haviam se apresentado no CT da Barra Funda na última segunda-feira por terem testado positivo para a COVID-19, são: Miranda, Tiago Volpi, Gabriel Neves e Pablo.

Após exames feitos por drive-thru, mais sete atletas também foram diagnosticados com a doença e assistidos pelo departamento médico, os atletas seguirão o protocolo de saúde definido pelo clube. São eles: Thiago Couto, Reinaldo, Nestor, Rafael Silva, Patrick, Danilo Gomes e Calleri. Todos os 11 jogadores só poderão iniciar as atividades com o restante do elenco após dez dias.

Durante este período, Rogério Ceni não terá atletas importantes, alguns que terminaram a temporada passada como titulares, como o goleiro Tiago Volpi, o lateral Reinaldo, o zagueiro Miranda e o atacante Calleri. Outros que também só retornarão após o cumprimento do isolamento, podem ganhar chances como titulares nesta temporada, como o reforço Patrick, por esse motivo, o impacto da ausência destes atletas nos treinamentos que terão ao longo desta semana.

+ Para saber tudo sobre o São Paulo, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Facebook e Instagram

Nesta quarta (12), a equipe passou por exames médicos no período da manhã e treino no CT da Barra Funda. No período da tarde, o grupo realizará outro treinamento. Somente nesta quinta que as atividades serão limitadas a um turno, com o treino à tarde.

Serão 17 dias de preparação antes do primeiro jogo oficial neste ano que será diante do Guarani, no dia 27 de janeiro, pelo Campeonato Paulista.