Ronaldo comenta negociação com Fábio e destaca situação atual do Cruzeiro: ‘Um paciente em estado grave’

O novo sócio majoritário de 90% das ações do Cruzeiro, Ronaldo, concedeu uma entrevista coletiva na Toca da Raposa II, nesta terça-feira (11). Entre os mais diversos assuntos, o ex-jogador e atual dono do clube comentou sobre a negociação envolvendo o goleiro e ídolo Fábio e relatou a situação financeira que a Raposa se encontra.

O primeiro assunto questionado a Ronaldo foi sobre a negociação com Fábio e como foi o processo que resultou em sua saída do clube. Segundo o sócio majoritário do Cruzeiro, foi oferecida uma proposta decente ao jogador, mas as partes não chegaram a um acordo.

– O Fábio foi e sempre será ídolo do Cruzeiro. Nós, dentro da realidade do Cruzeiro, fizemos um esforço muito grande para oferecermos uma proposta decente para ele, respeitando a sua história, trajetória no clube. Infelizmente, houve uma negativa por parte dele e que nos pegou de surpresa. Entendemos que todo o sacrifício que tinha que ser feito foi feito. Temos que virar a página e seguir adiante.

Ainda, relatou que a dívida do Cruzeiro é bilionária e isso dificultou qualquer negociação para manter o jogador que mais vezes vestiu a camisa celeste (976 partidas). Segundo Ronaldo, todo o esforço foi feito, mas nenhum jogador é maior que o clube.

– Os desafios do clube são gigantes, a dívida que encontramos e cada dia que abrimos uma gaveta têm uma notícia negativa. Então, ainda nesse processo de análise do clube, a gente tá fazendo o nosso melhor, o máximo para a gente dar um padrão ao clube, que principalmente nos últimos três anos contraiu uma dívida bilionária. Todo esforço que podíamos fazer para manter o Fábio para ele se despedir da torcida e da casa foi feito e é uma pena que não chegamos a um acordo. Temos que seguir adiante. O Cruzeiro é maior que qualquer atleta, qualquer nome, e tem que ser sempre o protagonista. Na nossa gestão entendemos que o Cruzeiro tem que gastar apenas o que arrecada.

SITUAÇÃO ECONÔMICA

Por fim, Ronaldo detalhou a respeito do estado atual vivido pelo Cruzeiro no que diz respeito a parte econômica. O dono do clube foi firme em frisar a situação da Raposa e afirmou que o cenário é trágico.

– Infelizmente o cenário hoje é bem complicado, com receitas de até nos próximos dois anos já antecipadas e gastas. Encontramos um cenário trágico, temos que estancar o sangramento, cuidar e diria que o Cruzeiro é um paciente em estado grave, na UTI, e estamos oferecendo o tratamento necessário para que saia o mais rápido possível dessa condição e que possamos fazer o máximo para que o Cruzeiro seja o clube que merece ser. O que nós vamos buscar é sanear o clube, encontrar o equilíbrio entre receita e custo.

Para saber tudo sobre o Cruzeiro, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.