Sem proposta por renovação, zagueiro Walber deve deixar o Vasco

Ainda iniciando a reformulação do seu departamento de futebol, o Vasco começa a tomar algumas decisões sobre o elenco para a próxima temporada. E alguns nomes que fizeram parte do grupo nesta Série B não ficarão para a próxima. É o caso do zagueiro Walber. Com contrato até o fim de 2021, o jogador não deve permanecer no clube. A informação foi dada inicialmente pelo “Correio Popular” e confirmada pelo Esporte News Mundo.

Com as férias antecipadas desde a última semana, Walber, que pertence ao Athletico-PR, não foi procurado pelo Vasco para negociar uma possível permanência. Assim, a tendência, mesmo quando um novo diretor de futebol for contratado, é que o jogador não siga no clube.

+ Retorno e despedida? Recuperado, Marquinhos Gabriel pode fazer, contra o Londrina, seu último jogo pelo Vasco

+ Castan diz que pretende cumprir seu contrato com o Vasco, mas liga o alerta sobre o elenco: “Tem que ser mexido”

O zagueiro de 24 anos chegou ao Cruz-Maltino em setembro deste ano, a pedido do técnico Lisca, mas não conseguiu ter uma sequência de jogos. Foram apenas oito partidas com a camisa do Vasco, sendo só duas como titular. Como o ENM mostrou recentemente, dos 13 jogadores contratados durante 2021, apenas dois tem permanência certa para 2022: os meias Nenê e Sarrafiore.

Além de Walber, outros 15 jogadores têm seus contratos com o Vasco se encerrando neste fim de temporada. Assim como o zagueiro, Andrey, Zeca e Léo Jabá também tiveram suas férias antecipadas e desde a última semana não treinam com o grupo que disputa no próximo domingo, às 16h, contra o Londrina, a última rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Siga o perfil do Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook .

O Vasco está sem diretor de futebol e técnico efetivo do time profissional desde o último dia 11 de novembro, quando Alexandre Pássaro e Fernando Diniz deixaram os respectivos cargos.