Tiago Nunes elogia evolução do Ceará e quer trabalhar mente dos atletas para embalar sequência positiva: ‘Aspecto agora também é emocional’

Após a vitória sobre a Chapecoense com gol do atacante Jael, nesse sábado (25), na Arena Castelão, Tiago Nunes elogiou a evolução do Ceará. O treinador alvinegro também afirmou querer trabalhar a mente dos atletas para embalar sequência positiva no Brasileirão. Segundo o técnico do Vovô, o aspecto emocional será de suma importância para que o grupo consiga embalar uma sequência de resultados positivos na Série A do Campeonato Brasileiro.

LEIA MAIS:

Jael marca de pênalti, Ceará bate a Chapecoense e volta a vencer no Brasileirão

‘Fui convicto’, declara Jael sobre cavadinha em pênalti contra Chapecoense

Vinte e quatro dias após a chegada de Tiago Nunes ao comando técnico do Vovô, enfim o Alvinegro conquistou um triunfo. Apesar de muitas oportunidades desperdiçadas, o Ceará conseguiu vencer a equipe do Sul do País com um gol de pênalti convertido por Jael. Vendo melhora em sua equipe, o treinador gaúcho acredita que esse será o momento crucial para trabalhar a mente de seus jogadores em busca de passar confiança no trabalho que tem sido feito.

“O aspecto agora também é emocional, porque muitas vezes chega perto do gol e do goleiro e acaba errando finalizações pelo aspecto emocional, pela pressão, pelo resultado, a necessidade de estar bem. A gente vai jogo a jogo evoluindo nesse quesito, dando tranquilidade aos atletas”, garantiu o técnico do Vovô, que elogiou o crescimento ofensivo do time. “Tivemos um número bastante significativo no número de finalizações. Nossa comissão técnica contabilizou 24 finalizações, oito ao gol e em torno de 10 chances criadas. Esse volume de oportunidades que a gente desenvolveu me agrada, mostra uma evolução da equipe nesse quesito”.

Com menos de um mês de trabalho à frente do clube cearense, Tiago Nunes comentou a pressão que o grupo vinha sofrendo pela ausência de vitórias e cobranças por parte da torcida.

“É apenas minha terceira partida a frente do Ceará, é pouco tempo, pouca mostragem de jogos. A equipe vinha muito pressionada por estar seis jogos sem vencer, então é uma pressão natural para uma equipe que tem uma torcida apaixonada como é a do Ceará”, disse.

Conhecido por ter um padrão de sempre gostar de estar atuando com jovens jogadores, no qual muitos crias do clube, Tiago tem dado espaço para Kelvyn e Geovane, pratas da casa do Vovô. Além disso, ele também deu minutagem ao atacante Gabriel Santos, que chegou recentemente da Caldense/MG. O jogador, que atua mais como centroavante, fez sua estreia como ponta esquerda e deixou uma boa primeira impressão mostrando ser veloz, conseguindo fazer jogadas rápidas e em curtos espaços.

“Estamos, sempre que possível, oportunizando jovens atletas a também terem suas chances de jogar. O momento agora é de união, fortalecer o espírito e dar seguimento ao que a gente vem construindo durante essas semanas que estamos tendo a oportunidade de trabalhar”, finalizou Tiago Nunes.